JÓIAS

2018 - 2020

Um amante de joias, em especial anéis, que queria desenhar suas próprias peças; como um hobby, foi assim que começou.  A joalheria artesanal surgiu desse desejo de criação e da curiosidade de experimentar lidar com materiais novos e técnicas diferentes das ligadas a artes visuais e fotografia.  Em 2018 inicia seus estudos em ourivesaria sob a orientação da dupla Francisco Garcia e Rose Filgueiras, onde aprendeu a base técnica da criação na joalheria e continua o processo de prática com a designer de jóias Rita Santos. 

A joalheria trouxe a paixão pela transformação dos materiais e a criação. Da fundição do metal ao acabamento final, tudo é feito a mão. A criação artesanal faz com que cada peça seja original.  Formas individuais, orgânicas e singulares impregnadas da beleza da imperfeição de ser ímpar.  Cada jóia é uma obra única. Dialogando com o design e se inspirando na arte contemporânea cada vez mais vem buscando na jóia um suporte para expressão artística.

E como um hobby continua.

Agradeço muito a todas as mãos, além das minhas, que passaram por várias dessas peças: Francisco Garcia, Rose Filgueiras, Rita Santos, Thelma Maciel, Regina Costa e Julia Leite, e aqueles que me inspiram como poderosas influencias, Ana Porto, Andre Lasmar, Daniel Alvim, Jill Herlands, Marcos Mayo, Monica Ponde e tantos outros.